A importância da educação financeira nas escolas

Márcio Alaor de Araújo acredita que o conhecimento das pessoas com relação à educação financeira é tão importante quanto qualquer outro para o desenvolvimento de um país, afinal, adultos responsáveis com seu dinheiro, também são responsáveis pela economia da sua nação.

Isso acontece porque, de acordo com o empresário, a formação financeira fortalece o ciclo produtivo de um país. Afinal, uma pessoa bem orientada financeiramente, dificilmente será dependente do consumo excessivo, ficando presa em juros altíssimos e sem fim. 

Se você está se perguntando como as finanças pessoais de um indivíduo podem afetar a economia de um país, Márcio Alaor de Araújo explica: na medida em que alguém diminui seu consumo, pode planejar melhor seu futuro. Isso afeta diretamente a economia de um país, uma vez que a população do mesmo será menos endividada e, consequentemente, mais próspera e feliz.

Dessa forma, ensinar educação financeira nas escolas é a mesma coisa que tratar o consumismo, isto é, o consumo exacerbado, que é realizado por muitas pessoas ao redor do mundo, principalmente pelos brasileiros. Por isso é importante que os alunos entendam que essa não é a melhor maneira de se viver, especialmente antes de se ter uma renda fixa e segura, coisa que só é alcançada depois de alguns anos inserido no mercado de trabalho.

Tendo em conta tais pontos, Márcio Alaor de Araújo comenta que acredita ser extremamente importante, às crianças e adolescentes, o contato com livros, filmes, séries e pessoas com conhecimentos básicos sobre gestão financeira, pois o universo da educação se expande e, consequentemente, o futuro deles também.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui