Como guardar o vinho: deitado ou em pé? Marco Carbonari responde

Marco Carbonari é empresário e dono da vinícola Villa Santa Maria, localizada no município paulista de São Bento do Sapucaí, que atrai milhares de turistas todos os anos. Neste artigo, o especialista explica como se deve guardar o vinho corretamente e porque há tantas dúvidas sobre o assunto.

O vinho já faz parte da realidade de muitas pessoas, pois além de ser uma bebida afrodisíaca para bons momentos, faz parte da rotina de trabalho, de saúde e lazer, além de servir como parte da harmonização para diversos tipos de pratos. Mas uma dúvida que sempre bate ao comprar uma garrafa é na hora do armazenamento. Deve se guardar em pé ou deitado? Vamos descobrir!

Marco Carbonari diz que muitos especialistas defendem que o vinho seja guardado ligeiramente na horizontal, isso porque o líquido fica em contato com a rolha de cortiça e com a bolha de ar presente no interior da garrafa, para proteger a bebida de sofrer oxidação, que favorece o seu envelhecimento, e eventuais oscilações de temperatura. Porém, o plot twist está em ser exatamente o oposto, na verdade, não têm a menor relevância.

Muitos estudos estão mostrando que a vertente é outra, pois a diferença de oxidação entre os vinhos que foram armazenados em pé ou deitados é insignificante. O que explica também o porquê os rótulos nos supermercados ficam lá na vertical e nada de ruim acontece, todo mundo compra o mesmo vinho e a qualidade é a mesma. Há também os vinhos que são vedados com screw cap, que têm a vantagem de não precisar do contato com a bebida diretamente na tampa e não deixa o oxigênio agir negativamente.

Os maiores cuidados são quando o vinho já foi aberto e ainda sobrou líquido na garrafa, pois a validade diminui e a qualidade é prejudicada. Nesses casos sim a bebida precisa ser guardada deitada, para preservar o máximo da composição original. Marco Carbonari lembra também que a temperatura é um fator muito importante, uma vez que ao ter contato com a rolha, por exemplo, e estiver muito quente, é perigoso o líquido ser pressionado devido a pressão de ar dentro da garrafa e vazar. O mesmo vale para baixas temperaturas, onde o vácuo puxa o ar para dentro da garrafa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui