Conheça os tipos de infecção urinária e como tratar cada uma

Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes
Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes

O Doutor Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes é médico urologista, graduado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e doutorado pela Universidade Federal de São Paulo. Atualmente exerce a função de cirurgião geral, com especialidade em prostatectomia robótica, uma cirurgia minimamente invasiva, contra a cura do câncer de próstata. Com mais de 20 anos de experiência na área, o especialista explica quais são os tipos de infecções urinárias e como tratar cada uma delas.

A infecção urinária ou ITU pode ocorrer na uretra, bexiga, ureteres e rins. Ela acontece devido a uma proliferação exagerada de microorganismos, bactérias e fungos que se instalam em qualquer parte do trato urinário. Na maioria das vezes, a infecção surge devido ao desbalanço da microbiota da região genital, ou seja, 95% dos casos é de origem bacteriana, sendo a Escherichia coli a mais comum. A infecção urinária pode receber uma classificação específica de acordo com a estrutura do sistema urinário acometida:

  • Cistite: É o tipo de infecção urinária mais frequente. O Doutor Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes diz que isso acontece devido a um microorganismo que atinge a bexiga, em geral a Escherichia coli,  causando urina turva, dor abdominal e sensação de peso no pé da barriga. Se não tratada, pode gerar febre persistente, sensação de queimação ao urinar e presença de sangue. O tratamento da cistite requer o uso de antibióticos que são escolhidos de acordo com o tipo de bactéria encontrada no exame de urina.
  • Uretrite: Ocorre quando a bactéria Neisseria gonorrhoeae atinge a uretra, chamada de uretrite gonocócica, mas a mais comum é a Chlamydia trachomatis, bactéria da clamídia. Geralmente a enfermidade se manifesta 15 dias após a relação sexual, com a vontade frequente de urinar, dor e odor, além de um corrimento amarelado, principalmente nas mulheres. O tratamento é feito com o uso de antibióticos que variam com o tipo de uretrite.
  • Nefrite: O Mestre e Doutor em urologia Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes conta que é a infecção mais grave de todas e ocorre quando um agente infeccioso chega até os rins, inflamando o canal urinário. O diagnóstico é feito por um simples exame de urina após os sintomas de aumento da pressão arterial, inchaço nos olhos e pernas, vontade frequente de urinar e excesso de suor nas mãos e pés. O tratamento é feito sob repouso absoluto, para controlar a pressão e uso de antibióticos, anti inflamatórios, imunossupressores e diuréticos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui