Deise Zuqui explica a customização tie-dye

 A estampa símbolo do movimento hippie nos anos 60 e 70, Deise Zuqui, fashionista e empresária, conta que o tie-dye voltou com tudo, depois de muito tempo, durante o isolamento social. Basta entrar no Instagram e ver várias influenciadoras para entender que a estampa caiu na moda e virou tendência, mas não só nas roupas e sim em todos os cantos. 

A técnica de customização nunca deixou de ser usada, até mesmo grandes nomes da moda já apresentaram peças com características tie-dye nos últimos anos, principalmente nas coleções de verão. Mas, com o isolamento social e a onda do “faça você mesmo”, a customização tie-dye se tornou uma opção divertida para explorar a criatividade e produzir peças únicas. 

Embora o termo tie-dye tenha se popularizado na década de 70 com o movimento hippie norte-americano, Deise Zuqui explica que o tingimento de tecido é milenar em alguns países asiáticos e no continente africano. Registros revelam que entre os séculos 6 e 7 o método de amarrar e tingir foi desenvolvido, a fim de incorporar uma combinação de cores aos tecidos. Já o termo tie-dye como conhecemos, que em tradução literal do inglês significa, “amarrar e tingir” foi incorporado à técnica somente nas décadas de 1960 e 1970, como dito anteriormente.

Por muito tempo a técnica tie-dye ficou associada exclusivamente ao movimento hippie. E somente nos anos 1990 foi absorvida pela indústria da moda, quando retornou para as ruas com a influência dos Clubbers, termo destinado às pessoas que costumavam frequentar danceterias famosas na época. Seja qual contexto histórico no qual estamos inseridos atualmente ou pela demanda cada vez maior de itens personalizados e exclusivos, a antiga técnica de tingimento volta a aparecer como forte tendência. 

Deise Zuqui diz que a ligação do tie-dye com toda a história, principalmente com a leveza e alegria do movimento hippie, que se tornou um dos mais procurados em tempo de incerteza, como na pandemia, foram alguns dos motivos para a estampa virar tendência novamente, seja nas roupas, acessórios, unhas, maquiagens e até itens de decoração.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui