Deise Zuqui fala tudo sobre a transição capilar

Deise Zuqui
Deise Zuqui

A transição capilar vai muito além de deixar o cabelo natural, esse processo é, também, de aceitação. Deise Zuqui, sempre antenada às novidades, comenta que aceitar os fios naturais é uma nova forma de se enxergar, pois quebra com os padrões impostos pela sociedade. É um ato de empoderamento.

Não é um processo fácil, já que consiste em deixar o cabelo crescer naturalmente depois de um longo período de alisamento, mas não só isso, é se reconhecer de outra forma. Entre as cacheadas e as crespas os motivos são diversos: não querem mais utilizar química no cabelo ou querem, simplesmente, experimentar a curvatura original. Além de lidar consigo mesma, será preciso enfrentar e vencer a opinião de muitas pessoas. Por isso, a transição capilar não é um período fácil de vivenciar, mas o resultado é totalmente recompensador.

Deise Zuqui comenta que o processo é bem demorado e que muitas mulheres desistem no meio do caminho por não terem paciência com as diversas texturas que surgem. Se já é difícil cuidar de um cabelo com uma única forma, imagina com duas ou mais. Então, para melhorar a situação, aposte em penteados e acessórios para se sentir mais bonita. Se for o que realmente deseja, não desista!

Durante a transição, os cuidados do cronograma capilar devem ser feitos sempre, para continuar melhorando a aparência dos fios. Evite usar secador e chapinha; não é proibido, mas o calor que os dois aparelhos emitem pode danificar o cabelo que está nascendo. Então, não tenha medo caso for usar, só procure produtos com proteção térmica. A transição precisa ser um período leve e de descobrimento, já basta as pressões externas.

Após todas as etapas, Deise Zuqui conta que o próximo passo é o big chop, um termo em inglês que significa “o grande corte”. É o ato de cortar toda a parte que contém química dos cabelos para finalmente ficar somente com a textura natural dos fios. Normalmente é feito depois de um ano de transição, para que haja cabelo natural suficiente. Mas faça quando se sentir preparada, sem pressão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui