Entenda o que é bexiga neurogênica

Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes
Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes

O Doutor Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes é médico urologista, graduado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e doutorado pela Universidade Federal de São Paulo. Atualmente exerce a função de cirurgião geral, com especialidade em prostatectomia robótica, uma cirurgia minimamente invasiva, contra a cura do câncer de próstata. Com mais de 20 anos de experiência na área, o especialista explica o que é bexiga neurogênica.

A bexiga neurogênica é quando há incapacidade de controlar o ato de urinar devido a alguma lesão neurológica que causa disfunção na bexiga ou no esfíncter urinário. Então, essa alteração nos nervos impedem que a musculatura da região funcione corretamente, além de trazer inflamações na bexiga, desajuste hormonal ou infecções. A bexiga neurogênica pode ou não ter cura, mas isso depende muito das causas e definições, que são duas:

  • Bexiga hipoativa: também chamada de flácia, o Doutor Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes diz que neste caso os músculos não conseguem contrair a urina no momento adequado. Isso pode resultar em lesões dos nervos periféricos ou lesão na medula espinhal no nível da S2 a S4.
  • Bexiga hiperativa: Oposto da outra, aqui há uma contração excessiva e involuntária dos músculos e perda involuntária de urina. Ou seja, a  contração vesical e o relaxamento do esfíncter urinário externo tipicamente não são coordenados. Em geral, resulta de lesão encefálica ou lesão da medula espinhal acima de T12.

É a partir do tipo de bexiga que o urologista poderá definir o diagnóstico e então o tratamento, que inclui, normalmente, o uso de remédios ou aplicação de toxinas, fisioterapia pélvica e uso de sonda vesical. Nos casos mais graves da enfermidade, o médico pode optar também por intervenção cirúrgica. O tratamento mais imediato é a cateterização para ajudar a evitar que a urina permaneça tempo demais na bexiga, que pode causar infecções no trato urinário. O Mestre e Doutor em urologia Marco Antonio Carbonari conta que os principais sintomas são incontinência urinária, onde as pessoas costumam eliminar pequenas quantidades de urina. Nos homens, é possível adquirir disfunção erétil. Os pacientes com bexiga hipoativa relatam que precisam ir com urgência regularmente ao banheiro, principalmente à noite, o que dificulta a qualidade do sono. Já na hiperativa sofrem fraqueza muscular, espasmos e perda da sensação das pernas. Então, se sentir qualquer um desses sinais, consulte um médico urologista imediatamente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui