Hidrocelo: o que é, causas, sintomas e tratamento

Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes
Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes

O Doutor Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes é médico urologista, graduado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e doutorado pela Universidade Federal de São Paulo. Atualmente exerce a função de cirurgião geral, com especialidade em prostatectomia robótica, uma cirurgia minimamente invasiva, contra a cura do câncer de próstata. Com mais de 20 anos de experiência na área, o especialista explica o que é hidrocelo, quais as causas, sintomas e tratamento.

Hidrocelo é um cisto em torno do testículo, notado por um inchaço do escroto – tecido que rodeia os testículos. A patologia é mais comum em recém nascidos e, geralmente, desaparece sem a necessidade de tratamento durante o primeiro ano de vida. No entanto, homens jovens ou adultos podem ter também, devido a uma inflamação ou lesão dentro do saco escrotal.

O Mestre e Doutor em urologia Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes conta que o hidrocelo normalmente não é doloroso ou prejudicial para o sistema reprodutivo masculino. No entanto, o problema pode aparecer em manifestação a outros mais graves, como infecções e tumores causados por uma epididimite, por exemplo. Este problema também é mais frequente em homens que foram previamente submetidos a uma cirurgia de hérnia inguinal.

Existem dois tipos principais de hidrocelo, que diferem na maneira como o fluido se acumula no escroto. São eles:

  • Hidrocelo congênito: é provocado no final da gravidez, onde os testículos descem da cavidade abdominal para o escroto com um atraso no encerramento da ligação entre ambos.
  • Hidrocelo adquirido: se manifesta normalmente na vida adulta, após os 40 anos, por algum traumatismo ou infecção testicular, embora muitas vezes não se consiga estabelecer a causa.

O Doutor Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes diz que a ida ao médico é motivada por um inchaço anormal no saco escrotal e o diagnóstico é feito por um médico urologista e, se for em um recém nascido, por um médico pediatra. Normalmente, em recém nascidos, o corpo consegue absorver o líquido de volta aos testículos, mas caso seja em um adulto a patologia deve ser tratada cirurgicamente para evitar desconforto e complicações, além de resolver definitivamente o problema.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui