O vinho auxilia na prevenção da depressão? Marco Carbonari explica

O empresário Marco Carbonari é apaixonado por vinhos e é especialista na bebida há mais de 10 anos. Além disso, demonstrando tamanho afeto e apreço pela bebida, o empresário também é proprietário de uma renomada vinícola no interior do estado de São Paulo, a Villa Santa Maria.

De origem familiar, a vinícola ganhou notoriedade e espaço no setor a partir de sua qualidade e técnica empregada em seus processos, hoje, abriga um amplo espaço de visitação, bem como degustação e venda de deliciosos rótulos. Está localizada no Vale do Báu, próximo à Campos do Jordão.

O vinho possui particularidades únicas e suas propriedades ocasionam diversos reflexos positivos no corpo, relata Marco Antonio Carbonari. Como aumento da libido, bem como uma espécie de escudo natural ao nosso organismo. Dessa forma, os benefícios que a bebida traz para o ser humano são inúmeros.

Em se tratando desses benéficos, estudos revelam que o vinho pode ajudar na prevenção da depressão. De acordo com a revista científica Biomed Central Medicine, o consumo moderado da bebida propícia a um risco menor de desenvolver doenças psíquicas, entre elas, a depressão.

Além de diminuir os riscos de doenças cardíacas, o vinho promove diversos benefícios para o corpo, fala Marco Carbonari. A pesquisa analisou cerca de 5.500 pessoas a fim de desenvolver estudos acerca das doenças cardíacas, contudo, o que impressionou nessa pesquisa foi que nenhum dos participantes apresentou sinais de depressão, problemas com bebidas alcoólicas, ou até mesmo doenças graves, sendo assim, configura em evidências acerca dos benefícios que a bebida traz às pessoas.

A causa da prevenção de doenças psíquicas ainda não se sabe, porém, dois motivos principais podem ser citados, sendo fatores concomitantes para a prevenção da depressão:  pelo estilo de vida que se leva ou por conta do resveratrol. O primeiro é porque, no geral, pessoas que costumam beber vinhos moderadamente são pessoas que aproveitam os prazeres da vida, levando, dessa forma, uma vida mais leve e saudável.

Em se tratando do resveratrol, ele consiste em um polifenol muito presente nas uvas, o qual exibe propriedades neuroprotetoras, atuando diretamente no hipocampo. É uma das propriedades do vinho mais importante, pois é ele que estimula os benefícios do vinho em suas ações antioxidantes e cardioprotetoras, narra Marco Carbonari.

Dessa maneira, o consumo moderado da bebida, promove inúmeras benécias ao corpo humano, evitando doenças cardíacas e psíquicas, promovendo a longevidade e ações antioxidantes no corpo, entre outras. Além disso, estar alinhado a uma vida saudável pode proporcionar uma qualidade de vida maior, bem como um corpo saudável.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui