Varicocele tem tratamento? Confira os métodos

Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes
Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes

O Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes é mestre e doutor em urologia, atuando há mais de 20 anos no ramo, hoje, em seu consultório no Rio de Janeiro, em sua maioria, atende pacientes vítimas do câncer de próstata, em que realiza um procedimento cirúrgico muito moderno: a prostatectomia robótica, configurando, dessa forma, uma cirurgia minimamente invasiva.

A varicocele é um distúrbio que acomete os homens e que configura o seguinte quadro: há a formação de espécies de varizes localizadas nas veias situadas no escroto. Sendo assim, o Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes explica que é possível identificar essa deformação através do olho nu, pois altera o aspecto físico da região.

Contudo, não é apenas no aspecto físico que há alteração, a deformidade causada pela varicocele ocasiona danos à vida do homem, pois impede que o fluxo de sangue nas veias ocorra de forma adequada, prejudicando, assim, o fluxo e além disso, o transporte de nutrientes, segundo o médico Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes.

Em relação aos sintomas, os pacientes se queixam de dores na região do escroto e edemas. Além disso, essa doença é a principal causa de infertilidade masculina, ressalta o especialista em urologia Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes. Sendo assim, é necessário um diagnóstico rápido e preciso, para que se inicie o tratamento o quanto antes.

O co-autor do livro Urologia Minimamente Invasiva, Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes, enfatiza que a partir de um exame físico já é possível perceber a deformidade, uma vez que esses traços são bem visíveis, além disso, pode ser passado exames mais específicos, como ultrassom, ecografia e cintilografia, a depender da escolha do urologista.

Finalmente, no que tange ao tratamento alguns recursos podem ser prescritos pelo urologista, como a ingestão de analgésicos e o uso de suspensórios testiculares para alívio das dores na região,indicado para o pós-operatório de cirurgias envolvendo a região do escroto, uma vez que oferece o suporte necessário para o órgão, aliviando a tensão e a dor na região.

“Em se tratando do procedimento cirúrgico, esse tem o objetivo de corrigir as deformidades das veias para redirecionar o fluxo sanguíneo”, narra o Doutor Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes. É possível realizar a cirurgia aberta ou a laparoscopia, vale ressaltar que dentre essas há algumas variações, mas em suma, a segunda, trata-se de uma cirurgia minimamente invasiva. Por fim, há também a embolização de varicocele que consiste na introdução do cateter nas veias dilatadas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui